Abobrinhas Prontas

Abobrinhas Prontas

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Pesquisa

Ah, a faculdade!
Maldito o pônei, digo, maldito o dia que desejei ter mais pessoas ocupando aquele fim de mundo. Eu pegava menos fila quando tínhamos menos turmas na manhã.
Lá onde eu estudo, é eu faço isso, o governo está oferecendo um limite de bolsas para desenvolver pesquisa científica. Daí eu me pego pensando que quase tudo começa com uma pesquisa.
Por exemplo, eu costumo pesquisar antes de sair falando as coisas por aí, os publicitários pesquisam antes de lançar uma campanha ou produto, você "pesquisa" para saber se aquele alguém está afim de você...
Assim, provavelmente esperam que desenvolvamos algo com a pesquisa científica. Mas como? Por quê?
Isso não costuma dar dinheiro, nem nome aqui no Brasil. Os antigos da área simplesmente preferem manter as ideias antigas e refutar qualquer ideia nova.
Eu digo o porque: Uma hora, as ideias antigas de nada valerão no mundo moderno. Aí, vão precisar de uma teoria com bases comprovadas, como a que você pode ter desenvolvido. Ou não.

Boa Noite!

Um comentário:

  1. Eu também queria menos pessoas na FATEC, e quero mais, queria que extinguissem a ETEC,pelo menos da fila da cantina. Mas também tem o lado bom (tudo tem um lado bom, ou não). Conhecemos novas pessoas, como o Gabriel (novo Biork) ele é gente boa. Bruna

    ResponderExcluir