Abobrinhas Prontas

Abobrinhas Prontas

segunda-feira, 10 de março de 2014

A revolução dos porcos.

Hoje, ontem ou amanhã pensei em uma ideiazinha, algo que pode ser simplório para você, mas para mim serviu como uma revelação de uma das melhores músicas que já ouvi. Vocês vão ter um trabalhinho para entender se seguirem a ideia de leitura linear, então sugiro: pulem o que for do texto, se tiverem pressa, mas alerto: se quiserem mesmo compreender o que eu falei, leiam tudo.

Apresento-lhes, meus caros, uma relação simples de War Pigs do Sabbath com A Revolução dos Bichos do Orwell.

Ao fundo do grande celeiro, sobre uma espécie de estrado. estava o Major refestelado em sua cama de palha, sob um lampião que pendia de uma viga. Com doze anos de idade, já bastante corpulento, era ainda um porco de porte majestoso, com um ar sábio e benevolente, a despeito de suas presas jamais terem sido cortadas.


"Generals gathered in their masses
just like witches at black masses"


"Pouco mais tenho a dizer. Repito apenas: lembrai-vos sempre do vosso dever de inimizade para com o Homem e todos os seus desígnios. Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo, qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo. Lembrai-vos também de que na luta contra o Homem não devemos assemelhar-nos a ele. Mesmo quando o tenhais derrotado, evitai seus vícios.
Animal nenhum deve morar em nem dormir em camas, nem usar roupas, nem beber álcool, nem fumar, nem tocar em dinheiro, nem fazer comércio. Todos os hábitos do Homem são maus. E, principalmente, jamais um animal deverá tiranizar outros animais. Todos os animais são iguais."

"Evil minds that plot destruction
sorcerers of death's construction"


Napoleão imediatamente chamou os animais e com um vozeirão de arrepiar proclamou a sentença de morte contra Frederick. Ao ser capturado, disse, Frederick seria queimado vivo. Ao mesmo tempo avisou que, depois daquela insídia, deveriam esperar pelo pior. Frederick e seus homens poderiam desencadear a qualquer momento o tão falado ataque. 


"in the fields the bodies burning
as the war machine keeps turning"

Porém, alguns dias mais tarde, Maricota, lendo os Sete Mandamentos, notou que havia outro mandamento mal recordado pelos animais. Todos pensavam que o Quinto Mandamento era "Nenhum animal beberá álcool", mas haviam esquecido duas palavras. Na realidade, o Mandamento dizia: "Nenhum animal beberá álcool em excesso." 

 "death and hatred to mankind
poisoning their brainwashed minds"


- A lealdade e a obediência são mais importantes. E quanto à Batalha do Estábulo, tempo virá em que verificaremos que o papel de Bola-de-Neve foi um tanto exagerado. Disciplina, camaradas, disciplina férrea! 

"Politicians hide themselves away
they only started the war"


By the way, eu continuaria colando a letra e o texto aqui até enjoarem de ler o post, mas isso seria só empurrar o compromisso de pensar pra vocês.

Tanto a letra quanto o livro tratam de tirania, mas da mais vil, e infelizmente mais comum. A tirania encoberta por belos discursos. Temos tantos exemplos aqui pertinho, a América Latina é o reino do populismo e falso socialismo. A teoria é tão bela, mas tiram milhares da miséria ou dividem a miséria com milhares? Constróem um estádio pra ignorar a precariedade das creches e hospitais. O que dói mais, passar fome ao som de uma música alegre como o samba, ou ao som de uma música que trate a realidade como é? 
 Nós achamos que sabíamos algo do passado, mas sempre vem um fulano dizer que o que sabemos está errado. Não importa se você aprendeu assim, e se isso é contado por pessoas que viveram a época, o que está correto é o que o Guia politicamente incorreto da P.u.t.@ que o pariu fala. A revolução dos bichos trata bem esse tema, quando eles acham que o mandamento era de uma maneira, mas na "verdade" era de outra. As brainwashed minds poisoned são essas, que esquecem o que aconteceu e aceitam qualquer ideologia nova como verdade. Pensem amados, pensem antes de dizer que a paz é o caminho ou que as coisas só se resolvem quebrando tudo. O que é mais interessante para qualquer pessoa no poder é que o povo não pense. Não por que ele é do "mau", mas por que ele não quer sair do poder.
 A guerra é interessante para quem? Pra você, que serviu o exército só porque foi obrigado? Ou pro cara que está lá de buenas na poltroninha dele negociando com o Obamis pelo telefone?

Vou parar por aqui, se me der na telha escrevo mais depois...

Dois beijos para você que leu tudo. Faça isso sempre, ajuda a pensar fora da caixinha às vezes.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Amostra Grátis

Boa Noite queridos!

Que saudade de ter tempo o suficiente para postar... Não que eu o tenha agora, eu só decidi dar uma pausa no TCC para procrastinar. Vejam só que exemplo de pessoa que me tornei.

Enfim, o tema desse post é o que o título indica. Amostras grátis.



As amostras são parte de um plano genial para chamar clientes para a marca, faz parte dos 4 P's do Mix de Marketing (Preço, Promoção, Praça e Produto). A promoção da marca é essencial, mas devem ser tomados alguns cuidados. Primeiramente, o produto deve ser bom, ou seja, atender as necessidades do cliente, ou criá-las. Depois, o produto deve estar ao alcance do cliente desejado. Você não pode querer vender joias a alguém que não possa pagar por elas, nem esteja disposto a pagar o preço das mesmas. E por fim, você deve fazer o produto chegar ao cliente.

Vou dar exemplos práticos, amados:

  • Vi na page da Loccitane en Provence uma promoção para ganhar o creme de mãos, me cadastrei e recebi em casa. Mostrei para todas as minhas amigas o quanto o creme era cheiroso e hidratava.

  • Eu estava louca para experimentar aquele BBCream da L'oreal, aí achei na página do face da marca uma promoção para que eu recebesse em casa. Me cadastrei, recebi na minha humilde residência, amei e recomendei.



  • Aí apareceu aquela promoção da Quem disse, Berenice?, fiz o teste do meu tom de pele, e ganhei o demaquilante bifásico, que é bom também. O potinho está quase no final, rs. Limpa rímel, lápis e não escorre pro olho, te deixando aquela mini sensação from hell de que você está ficando cega.


  • Hoje chegou a amostra do novo Elseve quera-liso, com shampoo e condicionador. Já imagino o resultado.






Escrevendo este post super útil para sua vida até achei um site:
Não verifiquei, mas não recomendo que confiem totalmente em qualquer link. Só entrem em páginas oficiais. 

Concluindo, eu acho que devemos sim experimentar o produto antes de gastar nosso rico dinheirinho nele. 
Já pensando pelo lado da empresa, não faz sentido nenhum pegar a amostra de um produto que você não usaria, tipo um creme para barba, por mais engraçada que a ideia possa parecer. 


That's all folks!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Válvula de escape

Boa Tarde!
Aqui quem vos escreve pede perdão pela demora.
Mas sempre fui assim, sabe? Devo não nego, pago quando puder. Portanto hoje vim saldar minha dívida.
Ultimamente eu tenho pensado(, pensado, pensado...) sobre o que eu realmente tenho feito da minha vida. Cheguei a conclusão de que apesar de eu estar seguindo os meus planos, não estou satisfeita. A Faculdade é interessante, mas a aplicação do comércio exterior é quase um drible à legislação aduaneira aliado à habilidade de coerção. Isso com certeza não é o que eu sempre quis para mim como profissional. Preciso de algo que me desafie, ou me torne alguém melhor. Nada na minha vida tem chegado aí.
Contudo, eu tenho seguido o "plano" que eu mesma tracei. Devo me questionar: Será que o que eu desejava era realmente o que eu precisava? Já diz o ditado: Cuidado com o que deseja, talvez esse desejo torne-se realidade.
Aliás, perdi boa parte da habilidade de questionar. Sócrates morreria de novo ao ver a morte da maiêutica na minha vida. Parei de me perguntar: o porquê de não ter mais escrito, o porquê de eu ter parado em geral a minha produção artística. E agora, elaboro uma rápida resposta: Rotina. Tudo virou uma grande rotina: faculdade, empresa, casa, academia, casa. O que me motiva? Nada. Sou a perfeita aplicação da 1ª lei de Newton. A inércia é o que me move. A continuidade de um movimento que comecei quando tinha 18 anos e prestei o vestibular. Parar não é uma opção possível, mas eu deveria acelerar, mudar de rumo?
Encontrar algo que me impulsione, ou deixar coisas que me irritam para trás seria interessante, no entanto aí entra mais uma vez a dúvida: isso seria o que eu desejo ou o que eu preciso? Posso cometer o mesmo erro mais uma vez, disso sim eu não tenho dúvida. A própria história demonstra que a história se repete indefinidamente.
Concluindo, ou não, o que quero dizer é: E você? Tem certeza do que faz, ou está apenas acomodado?

Beijos polêmicos,
Tamyrez.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Entre Deuses e Madonnas

Boa Noite!

Post atrasado quantos meses? Não, melhor nem saber, o que os olhos não vêem, a consciência não pesa.
Voltei para comentar a exposição lynda que está ocorrendo no MASP : Deuses e Madonnas - A arte do sagrado. Para você que não é ligado em artes, é uma ótima chance de conferir as imagens daquele seu livro de história ou literatura do colégio pessoalmente. Para você que curte (y) as artes, aproveite pra conferir os quadros bizantinos, o estilo barroco, o renascentista... e as outras exposições no prédio.
pS: Se estiver com crianças, não as leve à exposição de Polke. Mesmo.

Durante a exposição, não julguem minha bobeira, passaram tantas piadas sobre Madonna e Jesus Luz na minha cabeça que estraguei minha cara de intelectual. Falando em Madonna, li uma biografia dela e descobri que ela tem um lado barroco. Por isso as variações entre ela idolatrar uma mulher que se fazia de frágil: Marylin Monroe e tentar se masculinizar (Express Yourself) para parecer mais forte. Além da dúvida dela entre o sagrado e o pecado, o que é engraçado, porque a mídia sempre mostra o lado pecador dela. Claro.
Sexo vende, e muito. Ainda mais quando a imagem disso é uma mulher rebolando. É aí que eu me pergunto: Se aqui, no Ocidente, nós mulheres somos livres, porquê o que continua sendo valorizado é a bunda? Nós não somos livres pra estudar, trabalhar e dirigir, e ainda assim, somos vistas por aí tentando mudar o que somos para fazer parte de um padrão?

Eu acho que o conceito de liberdade foi invertido, porque sim, eu quero ter o direito de usar a roupa que eu quiser sem me preocupar com um cara folgado encostando em mim no metrô, mas não quero que as pessoas me julguem pelo que visto. O problema é confundirem ações de liberdade com libertinagem.
Enquanto esse quadro não muda, no lado "livre" do mundo, vamos continuar vendo mulheres se aproveitarem do machismo para conseguir o que quiserem e homens grosseiros achando que são os donos dessas tolas.

Sim, eu posto aqui quando quero desabafar, #prontofalei.

Beijos e boa exposição!
Tamyrez.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Look at my new shoes!

Look at my new shoes!

Casadei platform pumps
$650 - amazon.com

Bracelet
¥9,975 - hfm.co.jp

Vintage jewelry
$1,575 - langantiques.com

Alexis Bittar pin brooch
$595 - alexisbittar.com

Swarovski costume jewelry
£400 - butlerandwilson.co.uk

Swarovski crystal flower necklace
£350 - butlerandwilson.co.uk

1928 beaded jewelry
£31 - johnlewis.com

Tahitian pearl jewelry
£6 - joythestore.com

segunda-feira, 26 de setembro de 2011